BRASIL, Sudeste, ARACATUBA, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Viagens, Livros, animais e musica
MSN - neila@pontualpropaganda.com.br

 

   

    UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
  Cibele
  Anderson
  Camila Vieira
  marilia
  natali
  Zé Marcos
  Kauê Ferraz


 

 
 

   

   


 
 
Blog da Neila Storti



Por um pouco mais de respeito e cultura

Que mundo é esse, onde pessoas racistas que procuram uma “tal” diversão queimam e matam pessoas vivas ou ainda mesmo batem e corrói a pele de outras pessoas apenas por não ser da sua mesma cor, raça ou religião.

Essa semana vários exemplos disso aconteceram no mundo. Um desses exemplos é o caso da brasileira que foi espancada em Zurique, por um grupo neonazista por puro preconceito, puro racismo. Obs: esta mulher estava grávida de gêmeos e os perdeu.

Mais um caso revela a falta de educação e escrúpulos que adolescentes mimados e “retardados” queimando e batendo em  pessoas por pura diversão nas ruas .  Um destes “jovens” (acho que não é a melhor denominação para esta “coisa”. Eu não diria que ele é um jovem, nem animal, porque animal não sai por ai vadiando e fazendo arruaças.) diz que por beberem demais e estarem drogados queimaram um “vagabundo” qualquer para sentirem emoções mais fortes.  Ma o problema é que este “vagabundo” era simplesmente um Indiano que estava parado na estação de trem, tentando seguir sua vida.

Quando você sente, que o seu pior inimigo pode ser alguém da sua espécie, neste caso, humanos, é bem difícil aceitar que voltar para casa depois de uma saída qualquer se torne cada vez mais difícil, não existe mais respeito por parte de muitos.

Eu não sei falar o que está faltando. Educação dentro de casa? Falta de sentimentos? Paciência? Respeito? Amor Próprio? Talvez simplesmente talvez um pouco mais de segurança e menos preconceito.

È como a história do passarinho que queria acabar com um grande incêndio. Com seu biquinho, ele trazia uma gota de água... Estava fazendo sua parte.

Preconceito e racismo são ignorâncias criadas pelo mundo e pela falta de respeito. Os povos são únicos. Cor, raça ou credo são culturas. Aproveite e se integre, se misture. O melhor de tudo é aproveitar e viver a diversidade.



Escrito por Neila Storti às 09h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Feliz natal!

Sinceramente fico feliz no Natal...

Època de agradecimentos..... e pedidos de saúde, amor, tranquilidade e paz...

Feliz Natal a Todos......



Escrito por Neila Storti às 10h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Cada vez mais veterana

Bom, como eu disse hoje pela manhã que eu ja estava veterana na prefeitura( pela mudança de prefeitos), eu disse que ainda poderia haver mudanças.. e houve

Marilene voltou

agora ja estou em minha quinta geração de trabalho- Maluly- Marilene- Dunga- Marilene, ahh só atualizando, fiquei um pouco também com Cido Sério.....



Escrito por Neila Storti às 17h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Boa Dica

Essa é minha boa dica de hoje.

Para quem pretende se tornar um bom comunicador, este livro não deve faltar na sua biblioteca particular ( estou formando a minha também). Além de ser tranquilo e rapidinho de ler, ele traz informações uteis à nossa profissão.

E não é somente informações de jornalismo não, ele vai de Publicidade e Propaganda, Relações Públicas, entre outras partes da comunicação. Realmente é para quem quer ser um profissional completo. Além disso o livro é bem interativo e vem numa espécie de ping pong, parece que as informações se fixam na sua cabeça. Muito BOM.

O livro é do professor, jornalista e várias outras coisas Felipe Penna.

Boa dica para as férias!

 



Escrito por Neila Storti às 16h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Voltando a terra

Mais uma tentativa de volta para o blog e estou convicta de que vou atualiza-lo sempre.

Acho que a primeira coisa a se falar é que  a preguiça não leva a nada e depois do primeiro post vc tem novamente vontade de escrever mais.

Quantas coisas aconteceram neste meio tempo e não falei nada. Nossa olha só, sequestros, mortes de crianças, queda da economia, mudanças na prefeitura, hehe cada mês um chefe novo. Poderia até dizer que sou uma veterana na vida política de Araçatuba( no meu estágio), pois ja passei por Maluly, Marilene e Agora Dunga e parece que mais mudanças virão na vida política.

Ahhhh, ia me esquecendo do mais importante. Barack Obama foi eleito o 1° Presidente Negro do EUA. Ponto para a democracia eeee.  Mas não é por ele ser o primeiro negro a dirigir a América e sim porquê  o país precisava desta renovada e ele é um ponto a favor para os estudantes e para população que se mobilizou publicamente e isso pode ser visto como democracia, força e principalmente como direito de escolha. O povo juntou forças e elegeu quem eles queriam. Todos o país mobilizado com Barack para verdadeiras transformações.

Então, depois de uma volta brusca com informações úteis, vou postando...



Escrito por Neila Storti às 10h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Três pequenos internautas

 

 

Uma das frases mais faladas depois da invenção da Internet, é que criança já nasce com o dedinho na tomada. Além de brincarem na rua, mesmo que seja menos e estudarem bastante, todo o resto do tempo é dedicado a Internet. Com tantos trejeitos que chamam a atenção, o computador é mais um ítem que hoje não pode faltar nas casas.

Mais do que jogos e brincadeiras a Internet oferece as crianças participarem de salas de bate-papo, interagirem com outras crianças de diversos países e estados e cada vez mais aprenderem diversas ferramentas que atualizam os conhecimentos dentro do mundo virtual. Um desses exemplos é do estudante da 5° série Gustavo Storti Bertelli Alves, 10 anos, posta vídeos no You Tube, monta joguinhos para os amigos, visita sites de estudo e tem sua página de recados no Orkut sempre muito visitada. Gustavo adquiriu o gosto pela Internet há cerca de 4 anos, quando seus pais lhe ensinaram algumas ferramentas e ele acabou virando um “craque” na navegação e na montagem de blogs e páginas de jogos. Além disso, seus estudos também foram aprimorados, pois pode fazer pesquisas e tarefas escolares.

 Outro exemplo é o caso das irmãs Mariana e Mariele Carvalho S. Araújo. Mariana tem 8 anos e começou a utilizar o sistema no ano passado quando sua mãe lhe mostrou sua página no Orkut e os sites que ela poderia visitar no mundo virtual. Com isso, a vontade de Mariana aguçou e ela descobriu os sites das suas bonecas favoritas.  Muitas vezes Mariana prefere brincar virtualmente, trocando as roupas e os cabelos das bonecas. Já no caso da Mariele,5 anos, vendo a irmã no computaor e sendo bem curiosa, ela começou a prestar atenção nos botões que a irmã mexia e os decorou, com isso Mariele já sabe entrar nos sites favoritos, que é Lilica Ripilica e o site das bonecas Barbie.

Mas para as crianças entrarem na Internet e se aventurarem por este mundo, é necessário ter cautela e os pais estarem sempre por perto. Para que as crianças estejam seguras, alguns sites devem ser bloqueados, pois quando é digitado alguns nomes de bonecas e outros personagens infantis, aparecem alguns itens pornográficos e muitas vezes com chamados para a pedofilia. De acordo com o site www. Portaldafamilia.org, os pais devem estar sempre atentos ao mínimo de perigo que a Internet venha oferecer e orientar  sempre os filhos conversando com sobre diversos assuntos e prevenindo os pequenos. Para que o sistema seja usado saudavelmente, os pais devem impor limites e estabelecer regras.

Hoje com todos os exemplos, os pais já se tornaram grandes aliados dos filhos e adquiriram o gosto pela Internet e muitos que não sabiam usar o computador foram aprender para acompanhar as crianças e com isso o risco do mau uso diminui bastante, porque eles podem conversar igualmente e sobre os mesmos assuntos,tirando dúvidas e aprendendo juntos.

Aqui vai algumas dicas que eles visitam diariamente:

www.orkut.com

www.lilicaripilica.com.br

www.barbie.com.br

www.youtube.com

http://gustavocrazy.blogspot.com.br

e veja também o vídeo gravado que está no YouTube:

www.youtube.com/watch?v=NUAzi-11alM

 

 

 

 

 

 



Escrito por Neila Storti às 17h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Não é somente educação, mas é também transformação.

Dia 28 de abril é o dia da educação. Na verdade vejo tantos lugares falando sobre educação, assim como jornais e revistas, mas não vejo como isso pode ajudar sem que as pessoas realmente se mobilizem.

     Na prática não é tão fácil, mas digamos que os professores reclamam dos salários, os alunos reclamam da qualidade e o estímulo... Que estímulo?        Ontem mesmo quando vi que era o dia nacional da educação, não senti que as mídias estavam dispostas a falar sobre este assunto. Assunto este que o país tanto precisa. Assunto este que as pessoas realmente devem ter, assunto este que falta em tantas mesas.

     Educação é a melhor forma de desenvolvimento para um país. Cultura em questão é simplesmente o que ninguém tira de quem tem. Desenvolvimento e sustentabilidade são  ingredientes que o país precisa. Para que isso aconteça, precisamos ter o mínimo de discernimento para entender que educação é um assunto sério e que se for para ser feito com seriedade as pessoas tem que achar métodos e fórmulas, soluções para que nossas crianças possam saber o que realmente estão falando e escrevendo. E para que elas tenham um mínimo de estímulo às escolas têm que ter livros em bom estado, as bibliotecas devem existir de verdade e os professores estarem em sintonia com a tecnologia e o conhecimento em dia.

      Nós da equipe da Irádio (Rádio Toledo) entramos em campanha a favor do investimento em educação. Vamos tentar durante um mês arrecadar livros infantis para algumas escolas da rede pública e para a biblioteca municipal. Quem quiser nos ajudar é só levar os livros para o laboratório de rádio do Unitoledo.

     Educação, um passo a frente.

 



Escrito por Neila Storti às 09h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Apenas Neuras

 

 

Neura, engraçado até por parecer com meu próprio nome Neila. Por que será que tem dias que eu ando pela faculdade ou em qualquer lugar e acho que estão me olhando, ou acho que estão falando sobre algum gesto. Apenas Neilas, ops Neuras. Até por que quem acha que as pessoas estão pensando muito nelas, é por que se acha muito importante, convenhamos até sou importante, mas digamos que nem tanto.

 

Esses dias na faculdade chamei o professor para uma ajuda durante a aula e fiquei com medo de pensar: será que ele está se incomodando? Ainda não tomei banho e puxa vida, como uma pessoa malcheirosa atrapalha muita gente não? Mas isso é apenas Neura, não Neila.

 

Uma amiga que não direi o nome, uma pessoa muito bacana entre todos os alunos, estava com neuras de emagrecer. Ei tchutchu( a chamam assim) você está muito bem do jeito que é. Uma outra amiga diz que acha que as pessoas não a recomendam para trabalhar e se diminue, não é nada disso, é que seu talento ainda noa foi reconhecido. Mais uma amiga esses dias deu de ir á uma boate nem tão convencional, boate GLS e estava preocupada com o que iriam achar dela ali, no final diz em seu blog que foi respeitada e adorou a experiência. Um professor também disse que ficou com uma neura de ter feito um post errado, achando que não fosse no meu blog. Professor, você postou corretamente.

 

A maioria das vezes vivemos tão pequenos que achamos que qualquer coisa que fizer vai atrapalhar o outro. Até onde você pode fazer o bem, faça. Tenho certeza que cada um tem um jeito de pensar, cada um tem sua neura e cada qual vive feliz como pode, então por que não viver bem e nos vermos de várias formas? Mesmo quadrados, malcheirosos, redondos ou atrapalhados, a melhor forma de ser feliz é dar risada de si mesmo.

 



Escrito por Neila Storti às 17h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Será que vou viver até os 90anos?

Essa frase nunca foi falada em tom de pergunta, nem de questionamento. Essa era uma afirmação ouvida todos os dias desde que eu era criança, de alguém que me dizia que ainda iria ao casamento de todos os netos. Casamento ainda não teve , nenhum dos netos se casou, talvez a maioria pela falta de idade, grandes homens e mulheres no alto de seus cinco anos, ainda estão colocando seus primeiros uniformes.cada idade de primos tem uma geração, eu me incluo na segunda( por causa da idade).

Todas as gerações incluídas foram feitas de uma promessa com muita vontade, que ainda anda e tem muito que aprender, muito que conhecer, só que de uma equipe inteira o essencial se foi. Essencialmente falando, uma mulher forte de cabeça lúcida até seus últimos 72 anos, só sobrou uma casa, uma casa com sua cara, seu jardim, sua cadeira e um PUF branco hoje dando alegria e cor ao meu quarto. Essa mulher me dizia que todos os nossos segredos, seriam guardados, todas as nossas conversas seriam trancadas. Hoje eu sei, estão guardados, nem eu mesmo sei onde estão.

A casa ao lado de minha casa conta muitas histórias, a casa que todos os dias eu tinha que ir, se não, não era dia, eu tomava toda a sua água gelada e conversava conversas tão singela e fraternais que ficaram voando e todas as fantasias que eu vestia ficaram por ali, relembrando alguns eternos momentos.

O que eu não conseguia entender tive que ver pra poder acreditar e foi jogado em minha frente, mas depois do choro veio a calmaria. Lembro-me de ter chegado no dia de sua morte e ir pegar a sua roupa, seu vestido rosa que ela tinha escolhido. Quando vi o seu nome, não acreditei, mas quando eu entrei naquela sala onde ainda não havia nada eu chorei até doer e sabendo que ainda não tinha coragem de ve-la. Naquele momento me deparei com um caixão fechado, ainda não acreditava, mas eu tive que acreditar. Era ela sim, mas de um jeito que eu não podia enxergar a pessoa com quem eu convivi por todos os dias de minha vida.

O quarto 203 do Hospital foi o quarto em que ela ficou internada. Lembro-me de uma das ultimas vezes que eu fui visitá-la ela falava comigo com lucidez e mesmo assim parecendo uma criança, ela dizia: Não deixe eles fazerem isso comigo. “O Neila eu sei que você não deixa, eu sei que você não deixa”( não deixar eles judiarem dela). “Em um determinado momento ela me disse: “O fia o sentimento é muito grande, o sentimento é muito grande”. Sabe, talvez nem eu mesma sabia o que estava acontecendo, mas tem uma hora que você tem que acreditar.

Não sei quanto tempo vou viver, todos os dias eu peço proteção e agradeço a Deus. Quero viver muito, quero que todas as pessoas vivam o melhor que puder. Nós sempre aprendemos com essas perdas, ela era uma pessoa de fácil acesso e de sorrisos carinhosos, voz doce e temperamento forte. Andei tendo alguns sonhos com ela, foram meio estranhos me deram um pouco de medo, mas até que depois fiquei pensando e vi que aquilo foi uma forma de ver que ela está viva em muitas partes, as pessoas sempre deixam uma grande legado, ela me deixou alegrias.

Eu sei que a Dona tida( assim que eu a chamava), minha avó dona Cida está bem, em algum lugar está bem. A minha vida com ela era de muita alegria e como eu sinto sua falta, acho que isso é um desabafo, espero me fazer bem. Hoje, 2 meses sem você.

 



Escrito por Neila Storti às 17h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

                                    Sacramental e Sensacional

 

Entrosamento com informação, discussão, objetividade e opinião. Essa é uma das fórmulas para ter e visitar um blog.

Começando por uma parte da internet em que as pessoas não tinham tanta certeza sobre a veracidade de informações contidas nessas páginas, o blog se tornou um dos ofícios mais importantes para a carreira e a divulgação de muitos trabalhos jornalísticos.

 

 Assim como o jornal que se tornou uma grande ferramenta virtual de informações, o blog é um dos feitos com as características  mais marcantes da internet, que em seu conteúdo traz opinião e várias informações com “fórmulas diferentes, só depende do que o leitor internauta está buscando.

 

Dois blogueiros em uma entrevista coletiva, mostraram que informação, escrita e criatividade formam conceitos diferentes, mas muito bem casados, pois mostrar o seu trabalho e trabalho que consegue informar é o que importa.

 

O 1° entrevistado e blogueiro Anderson Augusto Soares do blog: Cadernodoanderson.blogspot.com, ou mesmo Gazetadoanderson.zip.net, traz em seu conteúdo uma ótima e criativa poesia comentada. Anderson diz que antes, quando não escrevia achava que os blogs não eram gratuitos e que não sabia como as pessoas se “inscreviam” neles. Agora como blogueiro assíduo, Anderson diz sobre a importância fundamental em sua profissão e que escrevendo para o blog conseguiu desenvolver e aprimorar a escrita, assim como também a criatividade. Um de seus blogs prediletos são o do Economista Luiz Nassif e Marcelo Tas que é considerado o maior blogueiro de todos os tempos e também apresentador do programa televisivo CQC (Custe o Que Custar) da TV Band.

 

Já o segundo entrevistado e também blogueiro Cláudio Henrique, traz em seu blog assuntos polêmicos e atuais, como política que é de seu interesse.

Cláudio Henrique também aposta que quanto mais as pessoas comentam em seu blog, ele tem um misto de satisfação e reconhecimento. Em suas palavras é sensacional receber comentários e poder cultivar a curiosidade das pessoas é muito compensável.

 

Blogs como o do apresentador Marcelo Tas e também do Jornalista e professor universitário José Marcos Taveira, são exemplos de determinação e informação de uma forma bem intimista e muito jovial. São blogs assim que chamam atenção de internautas. Anderson e Cláudio querem chegar a ter muitos acessos diários e como Marcelo, que chegou aos 20.000 acessos. Uma das dicas que o Marcelo Ta dá um seu blog é de que o blog é uma das melhores formas de comunicação que existe e que ele capita todos os gêneros de pessoas.

 

Criatividade e informação, os nossos entrevistados e blogueiros têm de sobra, com todas essas características e vontades a favor da comunicação, Anderson e Cláudio fazem divulgações distintas, mas cada um com seu modo. Anderson é falante e Claudio come quieto, com isso, simplesmente não deixam de fazer com que a comunicação se expanda e tenha conteúdos muito colaborativos para quem quer estar sempre muito bem informado.



Escrito por Neila Storti às 22h08
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Alerta de Sobrevivência

     Alertando sobre as conseqüências que a desigualdade social e o descaso com o ser humano causam, crianças estão morrendo de fome e adultos morrendo por já não mais enxergar a esperança e a força que são uma das principais condições humanas de sobrevivência.

    Crianças que morreram de fome, não sofreram somente pela falta de ter algo que comer, mas sim com a desidratação do corpo, com o atrofiamento de vários órgãos e com a falta de esperança e com o desespero permanente.

     Atualmente cerca de 1 bilhão de pessoas no mundo passam fome, sendo que 13 milhões de crianças morrem de fome antes de completarem 5 anos de idade. 

     Milhões de pessoas não possuem sequer uma casa para morar, vivendo em condições de extrema pobreza, castigados pelo sol e chuva, sendo o seu sofrimento as únicas certezas de que ainda estão vivos. 

     A fome e a sede vivem junto com a pobreza, com a falta de higiene saneamento e destroem toda a sustentação que um ser humano necessita. 

     Devido à falta de nutrientes muitas crianças não chegam a atingir a idade adulta; e aquelas poucas que conseguem já sofreram danos irreversíveis, tanto físicos como mentais, acabando com qualquer esperança de uma vida melhor. 

     O período máximo que uma pessoa adulta agüenta sem comer é de aproximadamente 30 dias, e sem ingerir água é de apenas 4 dias. 

     Depois desse período a pessoa entra em caquexia, caracterizada pela ausência de sais, provocando fortes dores no corpo e cãibras. A partir desse estágio a pessoa já perdeu praticamente todas as suas reservas de gordura, ficando apenas com pele e ossos. 

     Muitas são as causas que contribuem para o cenário da fome, entre elas podemos citar a má distribuição de renda, as guerras e confrontos entre povos e também o descaso dos governantes. 

     Apesar de todo esse cenário de miséria, algo interessante vem acontecendo : nunca se produziu tanta comida no mundo como nos dias de hoje. 

     Enquanto milhões sofrem pela falta de comida, outros milhões sofrem pelo excesso. Nos Estados Unidos, mais de 60% da população já enfrenta problemas de sobrepeso. 

 As autoridades médicas já alertam que, em muitos casos uma doença pior do que a fome vai acabar com muitas vidas nos próximos anos : a obesidade.

 



Escrito por Neila Storti às 21h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]