BRASIL, Sudeste, ARACATUBA, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Viagens, Livros, animais e musica
MSN - neila@pontualpropaganda.com.br

 

   

    UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
  Cibele
  Anderson
  Camila Vieira
  marilia
  natali
  Zé Marcos
  Kauê Ferraz


 

 
 

   

   


 
 
Blog da Neila Storti



Por um pouco mais de respeito e cultura

Que mundo é esse, onde pessoas racistas que procuram uma “tal” diversão queimam e matam pessoas vivas ou ainda mesmo batem e corrói a pele de outras pessoas apenas por não ser da sua mesma cor, raça ou religião.

Essa semana vários exemplos disso aconteceram no mundo. Um desses exemplos é o caso da brasileira que foi espancada em Zurique, por um grupo neonazista por puro preconceito, puro racismo. Obs: esta mulher estava grávida de gêmeos e os perdeu.

Mais um caso revela a falta de educação e escrúpulos que adolescentes mimados e “retardados” queimando e batendo em  pessoas por pura diversão nas ruas .  Um destes “jovens” (acho que não é a melhor denominação para esta “coisa”. Eu não diria que ele é um jovem, nem animal, porque animal não sai por ai vadiando e fazendo arruaças.) diz que por beberem demais e estarem drogados queimaram um “vagabundo” qualquer para sentirem emoções mais fortes.  Ma o problema é que este “vagabundo” era simplesmente um Indiano que estava parado na estação de trem, tentando seguir sua vida.

Quando você sente, que o seu pior inimigo pode ser alguém da sua espécie, neste caso, humanos, é bem difícil aceitar que voltar para casa depois de uma saída qualquer se torne cada vez mais difícil, não existe mais respeito por parte de muitos.

Eu não sei falar o que está faltando. Educação dentro de casa? Falta de sentimentos? Paciência? Respeito? Amor Próprio? Talvez simplesmente talvez um pouco mais de segurança e menos preconceito.

È como a história do passarinho que queria acabar com um grande incêndio. Com seu biquinho, ele trazia uma gota de água... Estava fazendo sua parte.

Preconceito e racismo são ignorâncias criadas pelo mundo e pela falta de respeito. Os povos são únicos. Cor, raça ou credo são culturas. Aproveite e se integre, se misture. O melhor de tudo é aproveitar e viver a diversidade.



Escrito por Neila Storti às 09h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]